Bombeiros e policiais receberam honras por bom serviço social prestado no prêmio Coronel Hélio Barbosa Caldas; policiais que recusaram propina estão entre os homenageados

A Câmara Municipal de São Paulo prestou homenagem na última semana (12/03) aos policiais militares que recusaram propina no valor de R$ 800 mil ao abordar carro com dinheiro sem origem comprovada. A solenidade foi realizada durante a entrega do Prêmio Coronel Hélio Barbosa Caldas que tradicionalmente reconhece os cinco bombeiros eleitos da corporação por suas boas práticas à sociedade em comemoração ao Dia do Bombeiro (10 de março). As mulheres também foram homenageadas pelo mês Internacional da Mulher, comemorado no dia 08 de março. As mulheres presentes terão um momento especial.

Sobre o Prêmio

É concedido aos cinco bombeiros que mais se destacaram por atos heroicos à população.  O nome da premiação é uma homenagem ao coronel Hélio Barbosa Caldas (1935-1999), que se destacou nas operações de resgate das vítimas dos maiores incêndios na cidade: Joelma (1974) e o Andraus (1972).

A homenagem é sempre entregue próxima ao dia 10 de março, numa alusão ao aniversário da criação do Corpo de Bombeiros na Cidade. As indicações dos premiados são feitas pelo Comando Geral da Polícia Militar (PM).

Militares homenageados

Os cinco bombeiros que praticaram atos heroicos indicados pelo Comando Geral da PM são o subtenente Carlos Alberto Lauer, o 1.° sargento Olair Agostinho Flores e os cabos Ivan Carlos Mendes, Antonio Carlos Sobreira e Jair Ortiz Esteves.

Uma homenagem especial foi concedida aos dois policiais militares por sua conduta ética e moral. Os 3º sargento PM Valter Santana Aragão e soldado Higor Alexandre Sivelli, foram agraciados por terem recusado propina de bandidos após bloqueio rotineiro no bairro de Pinheiros. A propina recusada pelos PMs foi de R$ 800 mil do valor total apreendido de R$ 1,82 milhões. Logo após a recusa os dois homens suspeitos foram levados a delegacia para registro de ocorrência.

Dia Internacional da Mulher

Representando todas as mulheres, a cabo da PM Ellen Cristina do Carmo foi a homenageada. Trabalha há oito anos na corporação participando de importantes atuações, sendo que seu principal destaque para ocorrência do maior acidente aéreo da aviação no Brasil o desastre da PM em 2017. “Reconhecer o valor e a importância das mulheres tem sido permanente nas ações do legislativo”, complementa Ricardo Nunes.

Bombeiros e policiais receberam honras por bom serviço social prestado no prêmio Coronel Hélio Barbosa Caldas; policiais que recusaram propina estão entre os homenageados

A Câmara Municipal de São Paulo prestou homenagem na última semana (12/03) aos policiais militares que recusaram propina no valor de R$ 800 mil ao abordar carro com dinheiro sem origem comprovada. A solenidade foi realizada durante a entrega do Prêmio Coronel Hélio Barbosa Caldas que tradicionalmente reconhece os cinco bombeiros eleitos da corporação por suas boas práticas à sociedade em comemoração ao Dia do Bombeiro (10 de março). As mulheres também foram homenageadas pelo mês Internacional da Mulher, comemorado no dia 08 de março. As mulheres presentes terão um momento especial.

Sobre o Prêmio

É concedido aos cinco bombeiros que mais se destacaram por atos heroicos à população.  O nome da premiação é uma homenagem ao coronel Hélio Barbosa Caldas (1935-1999), que se destacou nas operações de resgate das vítimas dos maiores incêndios na cidade: Joelma (1974) e o Andraus (1972).

A homenagem é sempre entregue próxima ao dia 10 de março, numa alusão ao aniversário da criação do Corpo de Bombeiros na Cidade. As indicações dos premiados são feitas pelo Comando Geral da Polícia Militar (PM).

Militares homenageados

Os cinco bombeiros que praticaram atos heroicos indicados pelo Comando Geral da PM são o subtenente Carlos Alberto Lauer, o 1.° sargento Olair Agostinho Flores e os cabos Ivan Carlos Mendes, Antonio Carlos Sobreira e Jair Ortiz Esteves.

Uma homenagem especial foi concedida aos dois policiais militares por sua conduta ética e moral. Os 3º sargento PM Valter Santana Aragão e soldado Higor Alexandre Sivelli, foram agraciados por terem recusado propina de bandidos após bloqueio rotineiro no bairro de Pinheiros. A propina recusada pelos PMs foi de R$ 800 mil do valor total apreendido de R$ 1,82 milhões. Logo após a recusa os dois homens suspeitos foram levados a delegacia para registro de ocorrência.

Dia Internacional da Mulher

Representando todas as mulheres, a cabo da PM Ellen Cristina do Carmo foi a homenageada. Trabalha há oito anos na corporação participando de importantes atuações, sendo que seu principal destaque para ocorrência do maior acidente aéreo da aviação no Brasil o desastre da PM em 2017. “Reconhecer o valor e a importância das mulheres tem sido permanente nas ações do legislativo”, complementa Ricardo Nunes.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>