Neste ano o prefeito de São Paulo, João Doria incluiu no plano municipal de desestatização e desenvolvimento, como objetivo de mobilidade urbana o Sistema de Transporte Hidroviário. Trata – se de uma nova modalidade de transporte público que beneficiará mais de 2 milhões de usuários na cidade de São Paulo.

O vereador Ricardo Nunes (PMDB) aprovou a lei 16.010/14 – sancionada na gestão anterior , criando o sistema hidroviário de transportes público do município, que surge no momento em que a cidade passa pelo pior colapso da mobilidade urbana, com volume a cada dia maior de congestionamentos e constantes greves de metrô e ônibus.

A população poderá contar com um sistema de portos distribuídos nas represas Guarapiranga e Billings, em bairros como Grajaú, Pedreira, Jardim Angela e Colônia Parelheiros.
O transporte interligará ao sistema de ônibus e às redes de CPTM e Metrô. Em março de 2017, Ricardo Nunes se reuniu com o secretário municipal de mobilidade e transportes, Sérgio Avelleda para discutir a implantação do projeto.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>